Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Runner Wannabe

Corredora amadora à beira dos 40, que aspira um dia começar e terminar um trail: a respirar, a conseguir proferir palavras do tipo “ajudem-me” e “água” ... e em controlo das suas funções biológicas básicas.

Runner Wannabe

Corredora amadora à beira dos 40, que aspira um dia começar e terminar um trail: a respirar, a conseguir proferir palavras do tipo “ajudem-me” e “água” ... e em controlo das suas funções biológicas básicas.

22
Jan17

Deste-me uma tareia sem me tocar com um dedo! Isso é magia!


Runner Wannabe

 Já tinha falado anteriormente de A – o amiguinho de 12 anos, cuja crença nas minhas skills atléticas continuam inabaláveis!

 

Muito recentemente....

 

 - Tenho uma coisa para te mostrar e sei que vais ficar contente! – disse entusiasmado.

 Honestamente, pensei que se tratasse de um teste com uma excelente classificação, mas não se tratava disso. Passou-me para a mão uma folha que consistia numa convocatória da escola, para participar numa competição de corta-mato a nível regional - e respectivo pedido de autorização dirigido ao encarregado de educação.

A. tinha razão, fiquei contente, aliás fiquei tão contente que parecia que a convocatória se dirigia a mim! :). Falámos entusiasmados durante alguns minutos sobre as características da prova e demos conta que a prova acontece, já daqui a 2 semanas. Foi super divertido ver a mente de A. “correr” até aos jogos olímpicos em apenas alguns segundos!

 

- Achas que sou capaz? - perguntou com a voz e os olhos arregalados de sonho.

- Acho que sim, A. mas vais ter de trabalhar muito, durante alguns anos. É precisa muita dedicação!

- E depois vais lá estar a ralhar comigo, para eu correr mais depressa?

- Podes ter a certeza disso, mas uma coisa de cada vez, ok? Agora pensas só nos regionais.

 

Por segundos ficamos calados (coisa difícil para ambos) e algo me diz que estavamos a “ver” o mesmo filme.

A. volta à realidade e sacode-me com a seguinte pergunta:

 

 - Podes-me treinar para os regionais?

A. não sou treinadora e nem sequer sou corredora a sério, pá!

- Vá lá, vá lá, vá lá! Tens de me treinar, só faltam 2 semanas!

- Estou lesionada, não te posso acompanhar!

- Mas não precisas de correr, só tens de contar o meu tempo!

 

Como podia dizer NÃO a A.? Se acredito que ele é um miudo com talento para a corrida – principalmente depois de aprender a controlar a respiração! :)

Como podia eu deixar de atiçar-lhe o “bichinho” da corrida?

Como podia eu dizer NÃO a um amigo que acredita que o posso ajudar?

 

Quatro sessões, prometi-lhe (não haverá tempo para mais).

 

 Já fizemos a 1.ª sessão, mas não sem antes discutirmos os estatutos....

 - Agora és a minha treinadora! Já disse ao professor de Educação Física que tenho uma treinadora!

- O quê? Eu não sou treinadora!

- És!

- Não sou!

- Se me estás a treinar, és minha treinadora!

- Sou tua colega de treinos, ok?

- Não! És minha treinadora!

-Teimoso, pá! És um teimoso! Já alguém te disse isso?

- Sim treinadora, a minha mãe está sempre a dizer isso! A minha mãe diz que sou mais que teimoso!

- Ai é? Corre puto !!!

 

Disse-me que sente as maiores dificuldades a subir, mas sobretudo a descer os desníveis, porque os acha muito inclinados - tem medo de cair - e que costuma chegar à meta quase a sufocar.

A. a correr e eu de bicicleta a seu lado, a controlar a sua velocidade e a dar-lhe dicas para controlar a respiração. Portou-se bem! O mesmo não se pode dizer de uma série de repetições de pequenas subidas e descidas, que o deixou de rastos!

 

No final da sessão...

 

- Ena que tareia...deste-me uma tareia sem me tocar com um dedo. Isso é magia!

- Não tens que agradecer! Já sabes, na próxima sessão há mais magia! – disse-lhe num ar forçadamente mauzão.

- Da próxima vai ser melhor, não vai?! Quantos segundos achas que vou ser capaz de tirar ao tempo de hoje?

 

Acho que esta última frase diz tudo, acerca da motivação de A!

 

 

 

10
Jan17

Corram Carago!


Runner Wannabe

Continuo doente e o regresso aos treinos está de momento suspenso sem data prevista de regresso.

Runner I wanna be, mas agora é tempo de pausa para recuperar. Apesar de toda a actividade física estar suspensa, continuo a correr de olhos abertos, quando leio as experiências de blogues de corredores; quando passo por um caminho que “está mesmo a pedi-las”; um nevoeiro (não muito cerrado), que parece implorar para ser atravessado; ou quando vejo uma serra lá ao longe e renovo a promessa de a subir...mas noutra data.

Tenho saudades de ouvir a minha passada; a minha respiração mais ou menos descontrolada e dos divertidos e sofridos diálogos interiores, que mantemos connosco. Tenho saudades da sensação do eu completamente disponível para aqueles momentos só nossos, com tudo o resto; o vento que atrapalha num sentido, mas ajuda no outro; e aquele sorriso parvo, reflexo de uma alegria interior de termos conseguido atingir um objectivo, que só quem anda nestas andaças (correrias), compreende.

 

É uma chatice estar parada, por tempo indeterminado, mas garanto que pior é estar doente - e queixava-me eu da ITB!

 

A minha mensagem é simples. Corram! Corram carago (homenagem às gentes bravas do Norte)! Corram e reconheçam esse privilégio! O privilégio de estarem bem e de se irem ultrapassando, de escutarem a vossa passada, a vossa respiração mais ou menos controlada. Corram em dias de chuva, vento ou granizo, cheguem frios até aos ossos, enfrentem o frio matinal se tiver de ser, mas corram! Chafurdem-se na lama, façam-se às subidas de peito feito e às descidas com dose dupla de coragem! E quando estiverem todos espatifados, doridos, a arder...ou gelados e a perguntarem-se "mas porque me fui meter nisto?", garanto que por motivos de corrida não me importava de estar no vosso lugar!

 

Boas corridas, oh sortudos!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D