Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Runner Wannabe

Corredora amadora à beira dos 40, que aspira um dia começar e terminar um trail: a respirar, a conseguir proferir palavras do tipo “ajudem-me” e “água” ... e em controlo das suas funções biológicas básicas.

Runner Wannabe

Corredora amadora à beira dos 40, que aspira um dia começar e terminar um trail: a respirar, a conseguir proferir palavras do tipo “ajudem-me” e “água” ... e em controlo das suas funções biológicas básicas.

20
Abr17

5'+2'


Runner Wannabe

Eu bem espero por “matéria-prima" para fazer uns updates...mas isto é mesmo a conta-gotas!

 

Corrida, muito pouca (mesmo)!

As cifras estão nos 5’(corrida)+2’ (marcha)+2’(corrida), com aquecimentos com cerca de 15 minutos, com especial relevo para joelhos, gémeos e pés.

 

As massagens continuam. Todos os dias massajo as zonas e pontos recomendados. A intensidade das mesmas deixa-me frequentemente num estado alterado de consciência – em que fico tão alterada, mas tão alterada… que já nem vocifero obscenidades! Mas as melhorias vão surgindo, mesmo que lentas. Talvez até já haja margem de manobra para arriscar um pouquinho mais nas corridas, mas por agora fico-me por estes pequenos joggings dia sim, dia não. A bicicleta (2 a 3 vezes/semana), tem ajudado a manter a forma e as caminhadas foram substituídas pelas corridinhas.

 

Outros exercícios

Por outros exercícios entenda-se exercícios de reforço muscular (RM), exercícios de flexibilidade (F) e outros exercícios que puxam pelo cabedal de uma pessoa!

Regra geral RM e F coincidem com os dias das corridinhas. A excepção é quando tenho de fazer alguns trabalhos de manutenção na horta aka exercícios que puxam pelo cabedal de uma pessoa. Hortar é uma actividade sobejamente reforçadora! Que digam os lombares, glúteos, isquiotibiais e a musculatura dos braços, claro! Em trabalhos mais leves – se houver paciência para estar atenta às características dos movimentos -  podem-se ter momentos em que também a flexibilidade tem de dar o litro!  Por outras palavras, em dia de horta, não há cá rotinas de RM ou F! Era o que faltava! No fim de carregar com baldes ou regadores cheios de água, de um lado para o outro…ia fazer umas pranchinhas? Uns abdominaizinhos? Uns agachamentos? Uns afundos? Era o ías! Com alguma sorte, no final dos trabalhos lá faço uns alongamentos a despachar – aqueles que se fazem…para não se dizer que não se fez…e cujo efeito práctico é a descarga de consciência! Pronto, esses! 

 

Estou satisfeita por estar a evoluir e já um pouco menos ansiosa com a lentidão de todo o processo.

Continuo a ter de me abstrair do medo, enquanto corro. Para isso foco-me no feedback da aplicação que tenho no telemóvel, que me informa acerca do ritmo e velocidade - se assim não fosse, quando desse por mim já iria a ritmo de lesiona-te-lá-outra-vez!).

A avaliação da corrida acontece geralmente no dia seguinte, first thing in the morning, quando analiso se o tornozelo está dorido ou se acomodou bem o esforço do dia anterior.

Hoje estava tudo bem,  foi dia de descanso, amanhã há corridinha!

 

Boas corridas!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D