Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Runner Wannabe

Coisas da corrida de uma pretendente a corredora amadora.

Runner Wannabe

Coisas da corrida de uma pretendente a corredora amadora.

06
Nov16

Truques para levantar cedo e resistir à tentação de ficar na cama!


Runner Wannabe

 Treino 3 vezes por semana, e agora que os dias escurecem mais cedo, os treinos terão de ser madrugadores, assim pela fresca, literalmente! Isso implica que tenha de me levantar pelas 6:30h.

 

 Pergunta:

 

Custa levantar cedo para ir correr, quando se podia aproveitar mais uma hora de sono no bem-bom-quentinho?

 

Claro que custa! Que raio de pergunta é essa?

Mas é preciso ter esta pérola do senso comum em consideração:  há gente para tudo!

 

Tenho uns truques que me ajudam a superar aquela tentação de “só mais 10 minutos” , que num piscar de olhos se agigantam em 30 minutos ( ou mais) e puffff.... Quentinho da Cama 1 vs. Treino Matinal 0!

Claro que estas estrarégias não são infalíveis, mas depois de afinadas e polidas talvez se tornem mesmo eficazes! (tanta esperança!).

 

1) Sono

Deitar no dia anterior 1 hora mais cedo – assim não cortamos nas horas de sono que normalmente dormimos;

 

2) Logística preparada

No dia anterior deixar equipamento, mochila, água e o maior número de pormenores necessários para o pequeno almoço do dia seguinte (ex. taça dos cereais, colher e cereais e cima da mesa da cozinha) - tudo o que poupe esforço de raciocínio mental no dia seguinte);

 

3) Em modo de "serviços mínimos"

Quando o despertador despertar, não pensar, é fundamental manter a mente em modo de "serviços mínimos". Levantar, puxar a roupa da cama toda para trás, vestir o equipamento e abandonar o quarto o quanto antes;

 

4) Tomar pequeno almoço

Tomar pequeno almoço neste modo zombie. O corpo vai despertando sozinho;

 

5) Sair para a rua

Altura em que uma pergunta invade a mente e enruga a testa: "Como vim aqui parar?"

 

 Aprendemos desde sempre que devemos estar despertos o mais rápido possível. Aqui é o contrário, pois esta dormência mental se por um lado anestesia o diálogo interno de queixume madrugador, por outro, evita aquele nosso lado mais criativo, de desenrascar uma desculpa para voltarmos ao quentinho amigo e à almofada fofinha!

Basicamente, quando os protocolos primários da nossa mente assumem o controlo da vida mental, já estamos equipados, de pequeno almoço tomado e possívelmente no meio da rua a perguntar “como raio vim aqui parar?” .Ah...e mesmo que a tentação do bem-bom-quentinho ataque....já não está quentinho!

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D